A Matemática no exame de admissão para o curso de formação de professores primários (1947)

enunciações de um discurso

Palavras-chave: Exame de Admissão; Formação de Professores Primários; Saberes Matemáticos.

Resumo

Este artigo é resultado de um estudo sobre o “processo de medida” (avaliação) adotado para seleção de candidatos à escola de professores no Rio Grande do Sul, em 1947. O problema que norteou a pesquisa foi: que enunciações relacionadas aos saberes matemáticos e à formação de professores permeiam a admissão de alunos ao curso de formação de professores primários, na publicação de 1947, dirigida pelo Centro de Pesquisas e Orientação Educacionais (CPOE)? O aporte teórico- metodológico do estudo é baseado na perspectiva da investigação histórico-cultural, dialogando com Foucault (2008), em relação aos discursos e enunciações, e com Hofstetter e Schneuwly (2017) e Valente (2017, 2018), sobre os saberes matemáticos. Como fonte utilizamos os Boletins do CPOE do Rio Grande do Sul, focando na seguinte publicação de 1947: “Considerações em tôrno do processo de medida adotado em Matemática para seleção dos candidatos à escola de professôres”. Como resultado, identificamos na análise das enunciações a existência de uma cultura geral e profissional do professor primário e de uma personalidade desejada para o ingresso no curso. Em relação aos saberes matemáticos, percebemos a indução, a dedução, a generalização, a transferência, a organização lógica, a reversibilidade de pensamento e a imaginação como capacidades avaliadas no exame.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-09-30
Métricas
  • Visualizações do Artigo 19
  • PDF downloads: 30
Como Citar
SauterL.; Bueno FischerM. A Matemática no exame de admissão para o curso de formação de professores primários (1947). ACERVO - Boletim do Centro de Documentação do GHEMAT-SP, v. 2, n. 2, p. 163-178, 30 set. 2020.