Centro de memória do Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro

entre poeiras, documentos e histórias

Palavras-chave: História da educação matemática, Cultura escolar., Instituto de Educação do Rio de Janeiro

Resumo

O objetivo deste artigo é tecer a importância dos documentos que compõe o Centro de Memória do Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro (CM-ISERJ), para as produções na área de estudo da História da educação matemática, a partir da vivência no período da graduação, especificamente, na Iniciação Científica, com financiamento da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Das buscas ao acesso dos documentos voltados à formação de professores de matemática, inventário e digitalizações de determinadas fontes, o CM-ISERJ apresenta-se como um dos espaços históricos do Rio de Janeiro, com relevância para os preenchimentos de lacunas da História da educação matemática do Brasil e do próprio estado, juntamente, um cenário de produção de saberes docentes. Dito isso, o artigo norteia-se pela questão: Quais são as contribuições do CM-ISERJ, para as produções no campo da Hem? Em síntese, concluímos que o CM-ISERJ tem-se apresentado um importante “lugar de memória” (NORA, 1963) e de estudo em História da educação matemática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Denise Medina de Almeida França, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Drª. em Educação(USP).Professora adjunta do Departamento de Estudos Aplicados ao Ensino-DEAE

Publicado
2020-09-30
Métricas
  • Visualizações do Artigo 146
  • PDF downloads: 39
Como Citar
DominguesJ.; FrançaD. Centro de memória do Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro. ACERVO - Boletim do Centro de Documentação do GHEMAT-SP, v. 2, n. 2, p. 257-265, 30 set. 2020.